Archive for the ‘pessoal e intransmissível’ Category

Para ti com saudades!

Junho 16, 2011

https://bemcomum.files.wordpress.com/2011/06/rosa_branca.jpg?w=284

 

Anúncios

Rosa

Janeiro 25, 2011

https://i2.wp.com/www.eb1-porrais-murca.rcts.pt/imagens/rosa.jpg

Para ti

Janeiro 19, 2011

https://bemcomum.files.wordpress.com/2011/01/camelia1-gif.jpg?w=300

Para ti que, se estivesses ainda comigo neste mundo, farias hoje

90 anos.

Para Hoje!

Janeiro 12, 2011

https://bemcomum.files.wordpress.com/2011/01/lirios.jpg?w=300

Pura e Singela

Janeiro 7, 2011

https://i2.wp.com/www.mensagensvirtuais.com.br/cartoes//Flores/flores163.jpg

Hoje gostaria só de partilhar este pensamento!

Outubro 14, 2010

https://i2.wp.com/static.blogstorage.hi-pi.com/photos/robsonpoeta.arteblog.com.br/images/gd/1263464213/UM-SORRISO.jpg

Um Sorriso

Um sorriso não custa nada e rende muito.
Enriquece quem o recebe e não empobrece quem o dá.
Dura somente um instante mas a sua recordação é eterna.
Ninguém é tão rico que possa dispensar um sorriso.
Ninguém é tão pobre que não o possa dar.
Cria felicidade no lar.
É sustento no trabalho.
Sinal visível de uma amizade profunda.
Um sorriso representa repouso no cansaço, coragem no desânimo, consolo na tristeza e alívio na angústia.
É um bem que não se pode comprar, nem emprestar, nem roubar porque só tem valor no instante que se dá.
Mas se encontrares alguém que recusa um sorriso, sê generoso em dar o teu sorriso primeiro pois ninguém precisa tanto dele quanto aquele que não sabe dá-lo aos demais!

Para o meu pai, que hoje faria anos, se não tivesse partido, com o meu profundo OBRIGADO PAI!

Setembro 21, 2010

Aos leitores e leitoras do BEM COMUM

Setembro 13, 2009

O BEM COMUM é o blogue mais antigo que se publica na Maia, se esta segunda fase depois de assalto ao blogue leva muito mais do que 220 000 visitas e milhares de comentários, a primeira fase também já levava milhares e milhares de visitas. Hoje o blogue é visitado por mais de 400 pessoas dia, o que constitui numa semana cerca de 3 000 a 4 000 visitas. Existem jornais com esta tiragem semanal.

No entanto cada pessoa tem de fazer as suas opções, eu já fiz as minhas. Depois de 12 anos na Assembleia de Freguesia de Moreira, de 8 anos na Assembleia Municipal da Maia e de 4 anos na Assembleia Metropolitana, é juz, que por compromissos pessoais de rumo da vida tome a decisão de não comentar vidas partidárias, e me retire para aquilo que gosto: a defesa da vida, dos direitos humanos, da técnica ao serviço das pessoas e do espiritual acima de tudo.

Tenho uma história já longa e desde a escola primária que as minhas opções políticas são conhecidas, na corrida eleitoral de Humberto Delgado, no MDP, na CDE ou no MES e agora no PS, ninguém põe em dúvidas as minhas convições e os meus valores. Combati desde muito novo, nos JOVENS DO TORNE, uma referência antifascista, estive na primeira linha da defesa dos presos políticos e fui até candidato a deputado da Assembleia da República. Tive lugares oferecidos que não aceitei.

Sei que sou político porque sou homen, sou pessoa, e penso ainda ter forças para a luta por uma outra sociedade outra, para uma nova ordem internacional, como Maria de Lurdes Pintasilgo defendia. Sou técnico na defesa do desenvolvimento sustentável, que dê a cada pessoa única e irrepetivel o direito a SER ontológico.

Mas acima de tudo sou cristão, metido bem dentro da sociedade, e, por isso, comprometido numa luta de onde deriva uma “terra que mana leite e mel”. Mas esta luta não passa pela defesa de interesses partidários, mas de valores e convições. Por isso continuarei político, na defesa da polis, e ao lado daqueles que mais necessitam, porque não têm voz, nem vez. E também é necessário existirem estas pessoas.

A política partidária não me deu nada, nem eu queria, mas aconteceram muitas coisas, as amizades e o saber ler os sinais dos tempos. Por isso na minha nova nissão caminharei com quantos de vòs, homens e mulheres, viajarem pelo mundo, pelas vielas e esquinas, pelas ruas e avenidas, da Maia, do Porto, de Portugal e do Mundo. A minha pátria é outra, é o mundo, esse por quem lutarei com a garra que me é reconhecida. E não foi por caso que estive a apoiar Adão Bastos, um homem humilde e bom.

Continuarei neste blogue na defesa destes princípios, deixando para os meus amigos colaboradores a tarefa de opinarem sobre outras questões.

Não é um adeus, até porque brevemente anunciarei outro blogue mais dirigido aos meus novos compromissos, estarei aqui sempre que for necessário a defender as causas, principalmente daqueles que são os últimos da sociedade.

Muito obrigado a todos, principalmente a quem me acompanhou e acompanha no desenvolvimento deste blogue. Podem contar comigo, para a defesa da liberdade, da igualdade e da fraternidade.

Um abraço, e até sempre,

Joaquim Armindo

O blogue Indústrias Culturais cessa publicação

Setembro 7, 2009

O Blogue de referência em Portugal, Indústrias Culturais, após 7 anos  cessa publicação.

Daqui saúdo o meu amigo Rogério Santos, e apelo a que reconsidere, dado que o seu blogue foi e é referência muito grande neste panorama.

Não é meu caro Rogério a nossa idade comum que nos faz não poder dar o contributo que com o teu blogue destes, por isso é muito importante a tua continuidade neste deserto, às vezes áridos, de ideias e investigação como imprimiste ao blogue.

Quero saudar-te pelos longos anos de convivência, desde a nossa estadia em Angola, como caminhamos na vida, tua a tua mulher e os nossos filhos, e pedir-te que continues, quem não conhece o Industrias Culturais neste Porto, em que vivemos, antes da tua ida para Lisboa?

Formaste-te com garra, atravessaste dificuldades, como eu sei, incompreensões, mas nunca quebraste, foste e és forte, e as tuas ideias bem servem Portugal e as ideias que ambos partilhamos. Daqui desta casa na Maia, que bem conheces, digo-te que és uma referência e que as tuas ideias e trabalho não podem ficar na gaveta; aliás sabes muito bem isso, porque nós sabemos sempre caminhar por caminhos na senda de um outro mundo onde valha a pena viver, e com a nossa idade dar a todo o nosso povo exemplos de verticalidade e Homens que não se vergam a lugares prazenteiros que às vezes nos oferecem, por calar a nossa voz. Não é este o caso do Industrias Culturais, que não pode, nem deve, cessar a sua publicação.

Caro Amigo um abraço, na solidariedade e amizade que sempre nos uniu.

Joaquim Armindo

É tempo de renascer

Abril 7, 2009

https://i2.wp.com/www.ideotario.com/blog500_renascer.jpg

Ter um Pai!

Março 19, 2009

https://i0.wp.com/amadeo.blog.com/repository/306019/2672386.jpg

Ter um Pai ! É ter na vida

Uma luz por entre escolhos ;

É ter dois olhos no mundo

Que vêem pelos nossos olhos !  

 

Ter um Pai ! Um coração

Que apenas amor encerra,

É ver Deus, no mundo vil,

É ter os céus cá na terra !  

 

Ter um Pai ! Nunca se perde

Aquela santa afeição,

Sempre a mesma, quer o filho

Seja um santo ou um ladrão ;  

 

Talvez maior, sendo infame

O filho que é desprezado

Pelo mundo ; pois um Pai

Perdoa ao mais desgraçado !  

 

Ter um Pai ! Um santo orgulho

Pró coração que lhe quer

Um orgulho que não cabe

Num coração de mulher !  

 

Embora ele seja imenso

Vogando pelo ideal,

O coração que me deste

Ó Pai bondoso é leal !  

 

Ter um Pai ! Doce poema

Dum sonho bendito e santo

Nestas letras pequeninas,

Astros dum céu todo encanto !

 

Ter um Pai ! Os órfãozinhos

Não conhecem este amor !

Por mo fazer conhecer,

Bendito seja o Senhor !

 

FLORBELA ESPANCA

É inadmissível

Fevereiro 15, 2009

 

Depois de alguns dias ausente deste BLOG por problemas electrónicos, deparo-me agora com um cenário triste de comentários e comentários que mais não são de gente que realmente nada tem para fazer e nada de útil consegue fazer pela sociedade em que vive.

 

Em 90% dos comentários, para não dizer 100%, referem o facto de o Eng. Joaquim Armindo ser católico ou como referem cristão.

 

Muito gostaria eu de saber se este facto incomoda alguém ou se de alguma forma fere a sensibilidade de alguém.

 

Eu gostava realmente de saber por que princípios se regem as pessoas que usam este facto como argumento contra o Eng. Joaquim Armindo.

 

Eu aqui só vejo uma coisa: estas pessoas só falam do que não sabem ou então sentem lá no seu subconsciente alguma frustração ou inveja pela integridade do nosso Amigo Eng. Joaquim Armindo.

 

Estou realmente já um pouco farta destes comentários discriminatórios e sem qualquer conteúdo útil para os nossos leitores.

 

Peço desculpa aos Leitores do Bem Comum que nada têm a ver com isto, mas realmente tinha de ter este desabafo.

 

É completamente inadmissível que se ataquem as pessoas desta forma desrespeitando os seus direitos, que para além do mais estão constitucionalmente consagrados.

 

Lurdes Gomes

Janeiro 15, 2009

http://byfiles.storage.live.com/y1pyeOitZF5bJcoalEReY1mBAq_V_speMzliraoHkeTvM6mJy9oeq1msioT5PZQITMp_bFar2o0E7w

Em memória de todos aqueles que partiram e nos deixam o coração cheio de saúdade

Novembro 2, 2008

https://i0.wp.com/www.overmundo.com.br/_banco/multiplas/1208385899_rosas_de_maio.jpg

JOÃO CARLOS: LICENCIATURA EM BIOQUIMICA

Julho 22, 2008

Com a defesa do seu trabalho de licenciatura, hoje, na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, com a classificação de 18 valores, licenciou-se o meu filho João Carlos Ribas de Almeida.

O trabalho louvado pelo júri titulava-se:

“EXPRESSÃO DE CITOQUERATINAS VIMENTINA E kI-67 NOS CARCINOMAS DO ENDOMÉTRIO EM GATA”

E de acordo com o júri constitui uma área ainda não investigada.

João Carlos, maiato, militante da Juventude Socialista, e Presidente do Núcleo de Bioquímica da Universidade, o qual fundou, frequentou a Escola de Moreira da Maia.

João Carlos é o primeiro licenciado pela UTAD, em Bioquímica.

Estou orgulhoso pelo meu filho, e daqui lhe envio o que sempre incuti, SAIBAMOS ESTAR NA SOCIEDADE AO SERVIÇO DOS OUTROS, E PELO MUNDO MELHOR.

Hoje deixo apenas estas rosas brancas

Junho 16, 2008

 

De Luanda

Maio 11, 2008

Boa tarde Portugal.

Desta Angola 14 vezes maior que Portugal, com um desenvovimento assinalável, com imenso calor,

envio a Portugal, e a todos os leitores, uma BOA TARDE.

Nascer-do-Sol

Maio 3, 2008

O BEM COMUM deseja ao nosso querido Amigo Eng. Joaquim Armindo muitos parabéns pelo seu aniversário.

Para todas as mulheres do mundo

Março 8, 2008

A vida dá muitas voltas…

Janeiro 28, 2008

Estou a apoiar o Luís Rothes, e apoarei até ao fim.

Não faço questão em estar nas suas listas…e se estiver certamente é só para me comprometer com o meu apoio, logo que possível darei o lugar a outro.

A vida dá muitas voltas, e um outro serviço me chama…continuarei a pelejar pelo BEM COMUM, numa dádiva à humanidade.

E é para que conste, que não me vou vender, nem para outro partido, conservarei o meu, mas com voz crítica, a minha missão será outra.