Archive for Outubro, 2010

Ainda à noite: Música Espanhola Romântica

Outubro 31, 2010
Anúncios

Ainda à noite, uma poesia de Florbela Espanca

Outubro 31, 2010

À noite, ouvimos Ricardo Ribeiro

Outubro 31, 2010

Pintores Portugueses: José Malhoa

Outubro 31, 2010

https://i2.wp.com/www.azeitao.net/vinhos/pt/historia1/bebados.jpg

Arcebispo de Mossul enceta campanha para salvar vida de Tarek Aziz

Outubro 31, 2010

O arcebispo iraquiano Geoges Casmoussa, de Mossul, lançou um apelo ao governo do país para que a execução de Tarek Aziz, acusado e condenado por perseguição religiosa e envolvimento em execuções ilegais, seja revertida.

“Temos de lançar um apelo internacional ao governo iraquiano para reverter a decisão sobre Tarek Aziz. Estou disposto a assinar qualquer documento solicitando que não continuem com a sentença de morte”, referiu à organização Ajuda à Igreja que sofre.

O arcebispo de Mossul qualificou a sentença do Tribunal Supremo do Iraque como um “erro” e afirmou que pedirá, tanto ao presidente como ao primeiro-ministro do país, que salvem a vida de Aziz, de 74 anos. É intenção de Casmoussa chamar todos os cristãos e muçulmanos de Mossul para assinarem uma apelação ao Tribunal Supremo contra a sentença de Aziz, que é católico de rito caldeu.

A intervenção do arcebispo aconteceu 24 horas depois de a Santa Sé emitir uma nota reiterando a firme oposição da Igreja à pena de morte. O director da sala de imprensa do Vaticano, padre Federico Lombardi, recordou a posição da Igreja.

O Vaticano espera que “a sentença contra Tarek Aziz não seja executada, precisamente para favorecer a reconciliação e a reconstrução da paz e da justiça no Iraque, após tantos sofrimentos”.

Porto: Morte e vida na «Missão 2010»

Outubro 31, 2010

Pastoral da Cultura da diocese lança folheto e brochura dedicada à perspectiva cristã sobre estes temas

«Morreste-me» é o título de um folheto preparado pelo Secretariado da Pastoral da Cultura da diocese do Porto (SDPC), que será distribuído junto às entradas dos cemitérios especialmente durante os dois primeiros dias de Novembro, ocasião em que habitualmente se intensifica a romagem aos sepulcros.

Aproveitando as solenidades de Todos os Santos e a Comemoração dos Fiéis Defuntos, o SPDC procura “contactar com toda a comunidade, crente e não crente”, explica à Agência ECCLESIA Joaquim Azevedo, director do Secretariado, afirmando a intenção de as actividades não se fecharem num grupo restrito.

Um dos textos do folheto intitula-se “Um silêncio que nos chama para mais perto da vida” e sublinha que “a dor pela perda dos que nos morrem inaugura, às vezes, estranhos caminhos dentro de nós”.

Noutra passagem, afirma-se que “é mais humanizante esperar para além da morte do que desesperar com a morte. E é essa esperança que nos dará coragem para acreditarmos no ser humano”.

Depois dos 300 mil exemplares do folheto, a Pastoral da Cultura da diocese do Porto publicou ainda a brochura com o mesmo título, de 65 páginas, com textos compostos por António Filipe Barbosa, Fernando Rosas, João Duque, José Nuno Silva e José Pedro Angélico.

A obra, que inclui poemas de Daniel Faria, Fernando Echevarría e José Tolentino Mendonça, conta com a arte de Isabel Baptista, Manuela Bronze e José Rodrigues.

No texto de apresentação, Joaquim Azevedo, descreve os objectivos desta edição, que pretende “ser um instrumento útil para cada pessoa promover a desocultação da morte e do seu sentido, nas suas vidas quotidianas”.

“Em torno dos que nos morrem, há um silêncio que nos chama para mais perto da Vida. Dá-nos a ouvir coisas que não sabíamos ou tínhamos esquecido”, pode ler-se na obra.

No fim de quatro dos cinco textos, intitulados “Morreste-me”, “A Morte da morte na Cultura actual”, “O fim que nos interroga”, “Esperar apesar de tudo” e “Esperança cristã”, são colocadas algumas perguntas, que podem ser respondidas individualmente ou em grupo.

Juntamente com os pedidos feitos pelas comunidades da diocese, no âmbito da dinâmica da “Missão 2010”, a Pastoral da Cultura do Porto já recebeu solicitações de várias paróquias do país.

Esta é uma temática em destaque esta semana no Programa da Igreja Católica na Antena 1, pelas 22h45 de Segunda-feira a Sexta-feira.

Também na emissão do programa Ecclesia na RTP2, dia 2 de Novembro, Joaquim Azevedo apresenta a proposta do Secretariadio Diocesano da Cultura para ao mês de Novembro.

Mais informações: SDPC

Levar a esperança aos locais que fecha o horizonte de vida

Outubro 31, 2010

D. Manuel Clemente desafia diocesanos para o mês de Novembro na Missão 2010

A Missão 2010 que decorre na diocese do Porto dedica o mês de Novembro à «Esperança».

“Numa sociedade que rapidamente se fecha como horizonte de vida para tanta gente, há que abrir esse horizonte com a presença dos cristãos na verdade, na bondade e na beleza do Evangelho de Cristo”, afirma D. Manuel Clemente, bispo do Porto, numa mensagem dirigida a todos a partir do canal Youtube.

O penúltimo mês do ano arranca com a celebração de Todos os Santos, no dia 1, e evoca a memória dos Fiéis defuntos, no dia 2. Apelos, assinala o bispo tutelar da diocese do Porto, “à transcendência e a realidades finais que esperam o ser humano”.

O mês caminha posteriormente para o Advento, tempo litúrgico que antecede o Natal. “Esta é uma época vive e faz viver de forma intensa a realidade da vinda de Cristo”. Motivos para que a esperança esteja presente na cidade do Porto, como desafia a Missão 2010.

O Secretariado da Pastoral da Cultura do Porto, em colaboração com outras entidades da diocese, têm como objectivo propor “apelos à esperança”.

Estes desafios vão ser lançados no ambiente dos cemitérios, “onde uma mensagem e a presença das comunidades cristãs vão lembrar que Cristo é a resposta final das vidas”, mas também ao longo do mês através de várias manifestações estéticas.

D. Manuel Clemente desafia ao acolhimento de uma esperança. “Que ela preencha a vida de cada um, também na cidade e em todos os lugares de fronteira precisa ser afirmada”.

E hoje? O Orçamento de Estado e a Segurança Social

Outubro 31, 2010

Ao Domingo, Dia do Senhor, nosso dia: Lembrando Amílcar Cabral

Outubro 31, 2010

Continuando…ouvindo António Zambujo

Outubro 31, 2010

Ao domingo, ainda um poema: Vergílio Ferreira

Outubro 31, 2010

Defender a Natureza: As Serras de Portugal

Outubro 31, 2010

Ao domindo, um poema:NESTE OUTONO DO MEU PAÍS

Outubro 31, 2010

NESTE OUTONO DO MEU PAÍS

“meu país é Portugal” – diria uma criança

de bibe, ao beber o leite da manhã

a minha pátria é liberdade,

quando não estou com fome,

no meu estômago, certamente,

e no amor que te coloco, em ti, outono de Portugal,

outono sem leite,

sem pão,

sem a boroa, que se come,

e as lágrimas, das naus que beberam o sumo do mar

em ti meu país,

eu sinto o amor,

de nuno álvares pereira, de camões,

ou de santo antónio de Lisboa,

em ti meu país,

eu sinto a liberdade,

do fulgor de afonso henriques, de teófilo braga,

ou de humberto delgado,

em ti meu país,

eu sinto a guerra colonial,

as lágrimas dos pais e das namoradas,

dos soldados mortos, em nome de nada,

eu ti meu país,

eu sinto a pátria amada, de alexandre herculano,

eça de queirós, fernando pessoa,

ou manuel alegre,

em ti meu país,

eu sinto o nobre povo,

a nação valente,

e imortal,

em ti meu país,

eu sinto os outros povos,

do universo,

a humanidade dos homens e das mulheres,

em ti meu país,

eu sinto, as folhas belas do outono,

e a verdura da primavera,

porque em ti meu país,

durmo à sombra, do som dos mares,

e ao amor construído,

porque eu ti meu país,

eu acordo,

ao ribombar dos foguetes, pagos por mãos pobres,

mas que são,

a essência da pátria,

assim meu país,

do outono, da primavera,

do verão e do inverno,

construímos o ser da humanidade,

dos homens e das mulheres de mãos dadas,

no amor que te  tenho,

meu Portugal,

minha amada.

 

Pela manhã, em domingo: Cânticos de Jerusalem

Outubro 31, 2010

Ainda à noite, ouvimos Música Alemã

Outubro 30, 2010

Ainda à noite, poesia de Almada Negreiros

Outubro 30, 2010

À noite, ficamos com Camané

Outubro 30, 2010

Pintores Portugueses: Abel Manta

Outubro 30, 2010

https://i0.wp.com/estelapereira.no.sapo.pt/R.S.Bernardo_AbelManta.jpg

E hoje? O Orçamento de Estado e a Exclusão Social

Outubro 30, 2010

Continuando…ouvindo Aldina Duarte

Outubro 30, 2010