Archive for Março, 2010

Comissão Política da Maia, inquérito

Março 28, 2010

Paula Cristina Duarte

ou Hélder Ribeiro (Jorge Catarino)?

VOTE NO INQUÉRITO DO BEM COMUM

(BARRA LATERAL)

Anúncios

Segundo a Quercus os Sacos de plástico distribuídos no Continente e Jumbo podem ser prejudiciais para o Ambiente

Março 21, 2010

https://i2.wp.com/www.cscpromo.com/plastic-bags/images/plastic-bag-distributors.jpg

A Quercus verificou que ao fim de 10 meses os sacos produzidos em plástico oxo-degradável, distribuídos gratuitamente nos Hipermercados Jumbo/Pão de Açúcar e Continente/Modelo (e em outras lojas do Grupo Soane, nomeadamente: Worten, Modalfa, Sport Zone, Vobis, MaxMat, Zippy, Área Saúde) e, continuavam sem se degradar nos destinos mais prováveis, ao contrário do que se podia esperar. Esta constatação foi agora confirmada por Estudo do Ministério do Ambiente Inglês.
Preocupada com a incontrolável distribuição gratuita de sacos de plástico oxo-degradáveis, os que apresentam a informação de “100% degradáveis” (sacos que possuem a incorporação de um aditivo químico para acelerar o processo de degradação), a Quercus levou a cabo uma experiência simples para, desta forma, analisar a degradação dos sacos de plástico em diferentes meios, caracterizados como os destinos finais mais prováveis após consumo: dispersos pelo ambiente e meio aquático (água doce e salgada) ou para acondicionar RSU’s – encaminhados para aterros sanitários.
Com esta análise a Quercus observou que não houve sinais de degradação ou decomposição dos sacos e que nem tão pouco se apresentavam quebradiços, sendo que, no caso do meio aquático salgado, estes perdiam a cor das letras impressas (podendo ser facilmente confundíveis com medusas e consumidos por espécies aquáticas, como tartarugas).
A Quercus alerta para outros problemas que esta nova tecnologia pode provocar:

   1. Não há garantias da sua reciclagem: existem poucas certezas sobre esta tecnologia, a Associação Europeia de Recicladores de Plástico não garantem a sua reciclagem e temem os efeitos na qualidade dos polímeros reciclados. Esta questão foi agora também levantada pelo estudo encomendado pelo Governo Inglês.
   2. Não há garantias da sua degradação em aterro: os aterros sanitários não garantem a sua degradação devido à ausência de O2;
   3. Risco de colocarem em perigo toda a cadeia alimentar: libertados no ambiente podem fragmentar-se em inúmeras partículas mais pequenas, entrando na cadeia alimentar global – constituindo perigo para as espécies de pequeno e grande porte;
   4. Têm uma reutilização limitada: os mesmos indicam que “deixam de poder ser reutilizados quando quebradiços”, não podendo ser colocados no ecoponto amarelo mas sim no dos resíduos indiferenciados.

Contribua para a qualidade de vida das gerações futuras!

Relatório Único

Março 16, 2010

https://i1.wp.com/www.sitepopular.com.br/noticias/noticias2006/fotos/folha_de_papel.gif

Não se esqueça que o prazo para entrega do Relatório Único decorre entre 16 de Março e 15 de Abril.

O conteúdo desenvolvido do relatório, bem como as instruções e os elementos auxiliares ao preenchimento (tabelas de códigos) estão disponíveis no site do Gabinete de Estratégia e Planeamento (GEP).

Para aceder ao modelo do Relatório Único, clique aqui.

Para ver informações mais detalhadas, clique aqui e seleccione o tema Relatório Único.